Quarta-feira, 1 de Julho de 2009

Resultado do Concurso 'Cidades Criativas' vai ser apresentado em conferência internacional


publicado por JCM às 14:44
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 25 de Junho de 2009

Network of Creative Cities (7 Julho no Parque das Nações)

 

The UT Austin|Portugal Program, in partnership with Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo and the City of Lisbonare proud to present the launch of the “Network of Creative Cities”.

 

Tuesday, July 7, 2009
Pavilhão de Portugal, Parque das Nações
Lisbon, Portugal

Cities, according to Richard Florida (see http://www.creativeclass.org), are decisive actors in a country’s economy. According to Florida, conglomerates that invest in creativity will be those that, in the big picture of the economy of knowledge, will gain more relevance.

In Portugal, the subject of the creative cities has been drawing more and more attention in many towns and regions. The university of Aveiro is, in fact, organizing a contest of ideas that has drawn multiple teams of high school students (seehttp://cidadescriativas.blogs.sapo.pt/).

This event aims to explore the experiments of the local governments, cultural agents,  creative industries and the universities of cities such as Amsterdam, Austin, Barcelona, Helsinki and Lisbon.

See the schedule and register to attend.

http://creativecitieslisbon.org/

 


publicado por JCM às 00:32
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 16 de Janeiro de 2009

O QUE PODEMOS FAZER COLECTIVAMENTE PELA NOSSA CIDADE?

Os Amigosd'Avenida, um projecto colectivo de reflexão sobre o futuro da cidade de Aveiro.

 


publicado por JCM às 23:34
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 18 de Novembro de 2008

Os Amigos d'Avenida

Uma reflexão sobre o futuro da(s) nossa(s) cidade(s)

http://amigosdavenida.blogs.sapo.pt/ 

 


publicado por JCM às 01:54
link do post | comentar | favorito
Domingo, 25 de Maio de 2008

Cidade Criativa (Aveiro) em podcast

Divulgação

 

O grupo cidade cRIAtiva vem informar, para os que ainda não têm
conhecimento, que já publicou um Podcast, com actualizações periódicas, dos posts do blog.

Este podcast tem como finalidade melhorar a acessibilidade às
informações que pretendemos divulgar da fase final do nosso trabalho, ou, pelo menos, fazê-lo de um modo alternativo.

O link é
http://aveirodoispontozero.com/files/cidadecRIAtiva.xml .
Basta adicioná-lo no iTunes, em "adicionar Podcast" e já está, podem ouvir as nossas ensonadas vozes.

Com os melhores cumprimentos,
O Grupo cidade cRIAtiva

http://cidadecriativa.blogs.sapo.pt/

 

tags:

publicado por JCM às 22:11
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 20 de Maio de 2008

Escrever Aveiro

Divulgação

 
Hoje, ao final da tarde, foi a apresentação pública do trabalho da Área de Projecto, na biblioteca da escola que se decorou a rigor para celebrar Aveiro; houve leituras, convívio entre autores, artistas, alunos, professores... e... encantamento!  Uma Cidade Criativa também passará por aqui, não?

Este é um dos textos inéditos, em prosa e em verso, que estão inseridos na antologia; entre eles estão os que gentilmente nos enviaram vários escritores/escrevinhadores , alguns de relevo ....
Maria Alice Silva
Escola Secundária José Estevão
 
 

 
Tela

A calçada azul e branca que pisamos diariamente,

O moliceiro percorrendo as águas calmas da ria,
 
A Biblioteca embevecida de antigos e recentes, mas preciosos saberes,
 
Os encontros amigáveis no Fórum,
 
As palmeiras enfeitando os agitados ares do Rossio,
 
O "Beira-Mar" que recebe os convidados para mais uma partida,
 
As muitas gaivotas sobrevoando os telhados das casas,
 
A correria matinal e sonolenta dos estudantes,
 
Os ovos moles servidos nas diversas pastelarias,
 
As salinas ilustrando uma veia que é nossa!,
 
A mão inteligente de José Estêvão reclamando sabedoria,
 
Os quietos bancos do jardim onde vagueiam as gentes,
 
O calor da Feira de Março que traz alegria aos mais novos,
 
A Universidade formando mais e mais talentos,
 
As gravuras inscritas nos azulejos das ruas,
 
A avenida repleta de gente apressada, sorrindo ou barafustando.

Recebeu-me,

Acarinhou-me,

Perfilhou-me.

Esta é a minha cidade! Esta é Aveiro!

15/05/2008

Ana Castro (1990-.)
Elemento do Grupo de Trabalho do 12º H - Escola Secundária de José Estêvão - Aveiro
tags:

publicado por JCM às 00:20
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 12 de Maio de 2008

O outro lado d'O "desinteresse" dos jovens pela Política (XVIII)

Contributo

Grupo cidade cRIAtiva

http://cidadecriativa.blogs.sapo.pt/

www.aveirodoispontozero.com

 


Os jovens. Esta frase (tão comummente usada por septuagenários irados com "estas novas gerações") é tão plena de significado, tão abrangente e tão dada a discussões de índole social e cultural, que é necessária a devida parcimónia no seu uso – e sim, nem de predicado necessita. Os jovens têm vindo e continuarão a ser, durante largos anos, se a actual sociedade assim o permitir, o grupo etário/social simultaneamente mais criticado e mais desculpado.

Jovens: culpados

Como explicação da crítica, citamos o Senhor Presidente da República, nas palavras que tão sabiamente proferiu no seu discurso, de que convém não só conhecer as linhas gerais mas proceder à leitura extensiva, que é por si só muito elucidativa:

"-os jovens estão menos expostos à informação política pelos meios convencionais de comunicação do que os restantes segmentos da população e mostram também mais baixos níveis de conhecimentos políticos;

(...)

- do ponto de vista do chamado «interesse pela política», os resultados demonstram, e cito textualmente o estudo, um «baixíssimo interesse dos inquiridos entre os 15 e os 17 anos»;

(...)

O estudo colocou aos inquiridos três perguntas muito simples: qual o número de Estados da União Europeia, quem foi o primeiro Presidente eleito após o 25 de Abril e se o Partido Socialista dispunha ou não de uma maioria absoluta no Parlamento. Pois, Senhores Deputados, metade dos jovens entre os 15 e os 19 anos e um terço dos jovens entre os 18 e os 29 anos não foi sequer capaz de responder correctamente a uma única das três perguntas colocadas."

É certo que não há aqui uma crítica, apenas uma constatação de factos. Mas a crítica fazemo-la todos nós ao ouvir estas, chamemos-lhes, barbaridades (tão somente por custar ouvi-las). A mensagem é clara: a juventude, grosso modo, não demonstra interesse na política, ponto final.

Jovens: desculpados

Naturalmente os jovens são irresponsáveis. São novos. Não viveram o 25 de Abril. Têm iPods, telemóveis e computadores. Os jovens isto, os jovens aquilo.

Os políticos não procuram chegar aos jovens, não comunicam directamente com eles. Não há iniciativas de aproximação a esta camada da sociedade. Os partidos, inclusive as juventudes democráticas, estão mais direccionadas para os filhos de quem aos partidos pertence, e não praticam esforços para localmente atraírem quem a elas pudesse aceder e contribuir. Os professores não ensinam política. Os pais não estão em casa. Os telejornais mostram os treinos do Benfica em vez das sessões do Parlamento. Os jornais são caros e desinteressantes e as revistas não falam de política.

Que podiam os jovens fazer, esses coitados?

Aquilo que entendemos ser a verdade (ou parte dela)

Do que anteriormente se disse, apenas uma parte é verdade. Uma parte suficientemente significativa para se reflectir nela e insuficientemente grande para nos restringirmos à conclusão categórica de que as causas para o desinteresse são as apresentadas.
Tentemos, ponto a ponto, reflectir em conjunto (quem isto lê e quem isto escreve).

Como de tenra idade e experiência que são, podem desculpar-se e libertar-se das suas responsabilidades para com a sociedade? Não, todos o sabemos. Não é pela sua juventude que se deixa de punir um criminoso de 15 anos. A expressão assaz odiada "de pequenino se torce o pepino" não pode deixar de fazer sentido num sistema social em que
aos velhos se sucedem os novos, num ciclo ininterrupto (excepto em caso de extinção, naturalmente)
.

"Não viveram o 25 de Abril". Pois não. Mas não viveram os descobrimentos e sabem que Pedro Álvares Cabral chegou ao Brasil e que em tempos fomos Grandes. (Talvez não saibam muito mais do que isto, mas saltemos essa parte.) Um dos problemas da maneira como o 25 de Abril é apresentado e comemorado é a sua repetição pouco imaginativa. Quase parece que, em ânsias de preservar a memória e a identidade e valorizar o esforço, o risco, e o sucesso (embora não num certo sentido, como disse o Senhor Presidente – e não se referia ao comunismo pós-revolução) do 25 de Abril, somos ano após ano bombardeados com as mesmas soirées do "Quis saber quem sou" e do "Grândola Vila Morena", resumindo a revolução a meia dúzia de cravos, uma mão cheia de cantigas, e referências – extenuantes – à  censura e opressão. Não é pelo cansaço que se conquista um público, qualquer que seja o ramo de publicidade – e é de publicidade que estamos a falar, embora de uma, digamos, "boa" publicidade, de valores, educativa e de melhoramento. Devíamos, cremos, repensar a maneira como queremos lembrar o 25 de Abril. Aí, ousamos dizê-lo, pode desculpar-se os jovens, já que não têm o contrabalanço da experimentação e vivência da data referida para equilibrar a memória.

Não esqueçamos também que quando falamos dos jovens de hoje, e lhes apontamos o dedo, se o fizéssemos há vinte e cinco anos, estaríamos muito pior. "Por causa do Estado Novo", dir-nos-iam. Talvez. Mas ninguém nos tira isso: estaríamos pior.

Não é verdade que não haja iniciativas de aproximação por parte de quem está em cima. O nosso grupo tem, orgulhosamente, membros que participaram no "Parlamento dos Jovens", criado pela Assembleia da República. A culpa nem sempre é da ausência de intenção, mas sim da ausência de divulgação e da quase nula existência de garantias relativamente a quão seriamente são levadas as opinião expressadas por nós (e este "nós" é apresentado quase corporativamente, por perigoso que seja).

O mundo é diferente, mais global, e as distracções aumentaram, os interesses mudaram. O que não mudou (e, porventura, aumentou até) foi a necessidade que temos uns dos outros, e de um sistema organizativo que nos permita conviver bem e de forma sustentável – falamos de relações sociais, que não só de ambiente vive a palavra "sustentável"
. A política é, na sua essência, isso – o meio de encontro, discussão e regulação das vontades individuais (sim, individuais, por estranho que soe a referência umbilical tão proximamente colocada relativamente à actividade política).

Dotados de um "pessimismo que muitos dizem ser uma característica singular do povo português, desde tempos imemoriais" – palavras do Dr. Cavaco Silva – tendemos a ver os lados negativos de tudo e a culpar sempre terceiros. Está, diz-se, na nossa natureza. Que grande treta, é preciso afirmá-lo, o mais assertivamente possível. E repeti-lo: Que grande treta. Culpar o senhor professor – coitado, já tão atacado nos dias que correm – por não ensinar aos meninos que existe um BE e um CDS/PP? Culpar o(a) senhor(a) ministro(a) que não tomou as medidas para que se garantisse que nas escolas os meninos tivessem
incontornavelmente acesso a uma formação política, nas aulas de História ou nas aulas de Formação Cívica? Culpar os senhores deputados, os senhores presidentes de câmara, os senhores com S grande? Em parte.

Mas não desculpemos os pais dos (e os) referidos meninos. O desinteresse é intolerável. Não é uma falha nos currículos – é uma falha nos valores. Isso de criticar as gerações que a seguir vêem já os Gregos o faziam. Convém é inovar e contornar, controlar, inverter, de modo a garantir que a mensagem foi passada, e que as pedras basilares da civilização, embora passíveis de evolução – sinais do passar dos tempos – têm de, impreterivelmente, ser sólidas e universais.

Procurem os Senhores, juntamente com a comunicação social, aproximar-se também de nós. A "distância ao poder" a que se referia o senhor Presidente da República é indiscutivelmente real e intolerável. Por exemplo, pensemos nos deputados, que são eleitos, não o esqueçamos – e esquecemos, quase sempre – em círculos distritais, ou seja, eleitos
como representantes desses mesmos locais. Quanto lhes exigimos?
Quantos nos dão em troca, pela eleição de representantes do povo? A política não devia ser uma interacção baseada em cruzinhas de boletins de um lado (ou de baixo, mais concretamente) e apertos de cinto e reformas duvidosas – ou simplesmente mal, ou não de todo, explicadas – do outro (ou de cima, mais propriamente)
. E procurem vir às escolas (e quem diz escolas diz aldeias e unidades fabris, jardins zoológicos até), descendo do vosso pedestal.

Não há necessidade de concretizar estas nossas conclusões a um nível estritamente (ou especialmente focado na dimensão) local, como nos foi pedido pelos organizadores deste concurso – a nível nacional o problema é o mesmo, as soluções são as mesmas.

Conclusão

Não esqueçamos nunca (temos vindo a dizê-lo) que não podemos sempre esperar que chova para beber a água que do céu escorre. Às vezes temos de ser nós próprios a fazer danças da chuva, ou, mais eficaz ainda, trepar às nascentes ou correr para as margens dos rios, para saciar a sede, que não é mais, nesta tosca metáfora, que a necessidade que temos de viver em paz uns com os outros – e com as nossas consciências. O faça-você-mesmo não serve só para a bricolage.

 

 


publicado por JCM às 00:08
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 9 de Maio de 2008

Arte aberta (10 de Maio) em Aveiro

Divulgação

 

No seguimento da sua investigação, o grupo AveiroMinhArte está a promover, como forma de concretização da última parte do projecto, um dia apelidado de 'Arte Aberta'.

No próximo sábado, dia 10 de Maio, na rua 31 de Janeiro (adjacente ao Teatro Aveirense) será realizado um evento com o seguinte programa:

14 horas - (exterior) diversas actividades dedicadas ao público em
geral, em que este poderá entrar em contacto directo com os artistas e experimentar Arte: pintar, cantar, dançar ou tocar algum instrumento são algumas das possibilidades (as pessoas mais tímidas
podem sempre ver os profissionais);

 

18 horas - tertúlia, com a participação de diversos intervenientes culturais e artísticos da cidade, com o tema 'Contributo das Artes enquanto potenciador de desenvolvimento económico e criador de pragmatismo urbano' e inauguração de exposição de pintura dos alunos da Escola SEcundária José Estêvão e pintores AveiroArte

Contamos com a presença de todos,

O grupo AveiroMinhArte
http://aveirominharte.blogs.sapo.pt/


publicado por JCM às 21:32
link do post | comentar | favorito

11 de Maio, no Parque Infante D. Pedro (Aveiro)

 

Divulgação

Somos o grupo Made in Aveiro, e queremos comunicar que, de acordo com o nosso projecto, dia 11 de Maio iremos dinamizar o Parque Municipal  de Aveiro!

Vão haver contadores de histórias, insufláveis, aulas de ginástica, trilhos no parque, jogos tradicionais, e animação cultural. 
Estão convidados para aparecer! :)

O grupo Made in Aveiro
http://madeinaveiro.blogs.sapo.pt/


publicado por JCM às 21:00
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 8 de Maio de 2008

Museu da Cidade intervém no espaço urbano

Para mais informações:  http://www.cm-aveiro.pt/www/output_efile.aspx?id_file=13029&id_object=30072

tags:

publicado por JCM às 15:39
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 30 de Abril de 2008

Cultura: Autarquias desperdiçam dinheiro com o amadorismo

Aveiro, 30Abr (Lusa) - O coordenador do Estudo Estratégico sobre as Indústrias Criativas da Área Metropolitana do Porto, Carlos Martins, sustentou hoje que a Cultura é o sector onde as autarquias gastam mal o pouco dinheiro disponível, devido ao amadorismo.

http://ww1.rtp.pt/noticias/index.php?article=342993&visual=26&tema=5

Ao intervir, na madrugada de hoje, num debate sobre "os desafios de uma nova política para a Cultura na cidade e região de Aveiro", Carlos Martins, ele próprio ex-autarca com o pelouro da Cultura na Câmara de Santa Maria da Feira, sublinhou a necessidade de maior profissionalismo nas apostas culturais dos municípios e de articulação à escala intermunicipal.

"É necessário ser profissional a fazer as coisas e a Cultura e o Turismo são os sectores onde há mais amadorismo ao nível municipal. Se há áreas nas câmaras onde se gasta mal o dinheiro é na Cultura", disse.

Salientou ainda que "o erro cometido" no aproveitamento dos fundos comunitários não pode ser repetido à luz do novo quadro comunitário de apoio (QREN) porque este impõe uma lógica diferente, que obriga à articulação intermunicipal.

"Via-se para que é que havia financiamento e depois fazia-se em função disso, seguindo um raciocínio muito pouco criativo e foi assim que se gastou muito dinheiro", sustentou o ex-autarca, dando como exemplo a proliferação de centros culturais sobredimensionados.

"Hoje as soluções criativas são muito mais necessárias porque o QREN é diferente e a competição faz-se em função dos melhores projectos, o que obriga a ganhar escala e a abandonar a lógica paroquial, partindo para um nível supramunicipal em que temos pouca experiência", completou.

Carlos Martins realçou ainda que "falar em cidades criativas não é um chavão e tem a ver com a sobrevivência", sendo a competitividade entre as metrópoles marcada pela capacidade de reter talentos.

Susana Sardo, da Universidade de Aveiro, a outra oradora do encontro organizado pelo projecto "Cidades Criativas" e pelo Teatro Aveirense, elegeu a "Cultura antropológica" como o factor que torna as cidades criativas e afirma a sua identidade.

"É preciso construir a cidade a partir de projectos criativos e isso não deve ser deixado a intelectuais e eruditos que detêm o conhecimento, sendo necessário dialogar com as pessoas nos espaços em que estão a trabalhar", disse.

Embora demarcando-se das correntes do Estado Novo e da visão de António Ferro, Susana Sardo enfatizou a importância da identidade dos territórios e de alguma forma recuperou a ideia do "orgulho" na pertença a uma cidade ou região pela sua cultura antropológica que diferencia cada uma na competição territorial.

"A grande aposta tem de ser encontrada no domínio da cultura antropológica, em diálogo com a cultura erudita", disse.

MSO.

Lusa/Fim


publicado por JCM às 23:20
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 28 de Abril de 2008

Colóquio "Os desafios de uma nova política para a cultura e criatividade da cidade/região de Aveiro"

 

O projecto "Cidades Criativas" (UA/APPLA) e o Teatro Aveirense estão a organizar um Colóquio sobre "Os desafios de uma nova política para a cultura e criatividade da cidade/região de Aveiro - Valorizar as oportunidades do QREN 2007/13" que se irá realizar no próximo dia 29 de Abril (terça-feira) às 21:15 horas, no Café/Bar do Teatro Aveirense.
 

O colóquio contará como principais oradores o Dr. Carlos Martins, Coordenador do Estudo Estratégico sobre as Indústrias Criativas da Área Metropolitana do Porto,  e a Professora Susana Sardo, docente do Departamento de Comunicação e Arte da UA. Mais informações sobre o evento em http://coloquio-aveiro.blogs.sapo.pt/.

 

Teremos muito gosto em contar com a vossa presença.

tags:

publicado por JCM às 13:00
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 17 de Abril de 2008

Concurso "Aveiro no Mundo"

Divulgação

Tentando dinamizar o nosso projecto e a nossa cidade, iniciamos a partir do dia de hoje uma nova iniciativa: declaramos aberto o concurso "Aveiro no Mundo".

Queremos pôr peritos ou simples curiosos em representação tridimensional digital a representar edifícios da nossa cidade. Naturalmente, haverá um prémio (ainda não definido).

Queremos que todos participem.

REGULAMENTO

 

CARACTERÍSTICAS DO CONCURSO E OBJECTIVOS

O concurso consiste na representação tridimensional, em formato digital, de um (ou mais) edifício(s) emblemático(s) da cidade, e tem como objectivo dar uma pequena parte de Aveiro a conhecer ao Mundo.

 

O edifício vencedor (e, eventualmente, outros feitos com precisão) será colocado no Google Earth, de forma a que qualquer cidadão do mundo possa ficar a conhecer, com um simples click, os mais bonitos e emblemáticos edifícios da cidade de Aveiro 

Cada participante pode concorrer com quantas representações desejar.

 

JÚRI

O júri será constituído pelos quatro elementos do grupo.

 

PRÉMIOS

Ao primeiro classificado[1] será entregue um prémio ainda por definir. Poderão ser atribuídas menções honrosas.

 

APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS E PRAZO 

A entrega dos trabalhos é feita em www.aveirodoispontozero.com ou para cidadec.ria.tiva@sapo.pt.

O prazo de entrega termina a 15 de Maio e o vencedor será anunciado a 20 do mesmo mês.

 

DÚVIDAS, ESCLARECIMENTOS, OU CASOS OMISSOS

Em caso de dúvida, o grupo pode ser contactado através do blog (www.cidadecriativa.blogs.sapo.pt), do website ou do e-mail acima referidos.

Os casos omissos neste Regulamento serão resolvidos pelo júri.

 

tags:

publicado por JCM às 23:44
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 15 de Abril de 2008

Conversa Aberta "Avenida Dr. Lourenço Peixinho - Que futuro?"

Convite dirigido a todos os participantes do CCC

Vimos pelo presente comunicar a V.Exa que gostaríamos de o convidar a assistir à Conversa Aberta "Avenida Dr. Lourenço Peixinho - Que futuro?". Nós somos um grupo de Área de Projecto do 12ºano da Escola Secundária de José Estêvão, no corrente ano lectivo. Estamos inseridos no concurso nacional "Cidades Criativas" promovido pela Universidade de Aveiro e o título do nosso projecto é "Aveiro é Nosso!". O nosso projecto é sobre a Avenida Dr. Lourenço Peixinho. Estudámos a Avenida, verificámos os seus problemas e propusemos soluções. A Conversa Aberta tem como objectivos a exposição do nosso estudo e a discussão de outros problemas e possíveis soluções.   

 

A Conversa Aberta realizar-se-á dia 15 de Abril às 18.30, no Bar do Teatro Aveirense.

 
Gratos pela melhor atenção que possa dispensar ao assunto, nos subscrevemos,
De V. Exa.
 
Atentamente,
 
Aveiro é Nosso!
www.aveironosso.blogs.sapo.pt
Daniel Coimbra
Francisco Martinho
Maria João Ribeiro
Susana Ferreira
tags:

publicado por JCM às 10:12
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 9 de Abril de 2008

Conversa on-line com Professor José-António Moreira

Divulgação

10ª Conversa Semanal

Teremos a nossa décima Conversa Semanal na próxima Quarta-feira, dia 9 de Abril, à hora do costume. O nosso convidado é o Professor José-António Moreira, responsável pelo Podcast "Sons da Escrita".

Acompanhe a conversa no site www.aveirodoispontozero.com .

tags:

publicado por JCM às 17:24
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 3 de Abril de 2008

Aveiro 2.0 a debater Aveiro

 

Divulgação

http://cidadecriativa.blogs.sapo.pt/

O grupo cidadecRIAtiva está a promover um debate que se vai realizar hoje (3 de Abril, Quinta-feira) no Salão Nobre do Teatro Aveirense às 21:45.

"Na tertúlia pretendemos debater Aveiro nas suas varias temáticas.
Focaremos em primeira instância o planeamento urbano, a cultura, a mobilidade e a ria, mas sendo um debate com alguma liberdade, poderemos tocar qualquer assunto relacionado com a cidade.

Temos já confirmados os seguintes convidados: Professor Arsélio Martins, Dra. Ana Ferreira (directora do Museu de Aveiro), Dr. Miguel Coutinho (Secretário-geral do IDAD), Dr. Luís Souto (presidente da ADERAV), Dr. António Soares (assessor do Dr. Élio Maia), Professor António Moreira e a Dra. Luz Nolasco (Directora do Teatro Aveirense), para além de qualquer cidadão que queira aparecer para participar".

tags:

publicado por JCM às 10:05
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 28 de Março de 2008

Aveiro (Movimento Industrial, Aveiro)

 

Mais informações em: http://industria_12d.blogs.sapo.pt/

tags:

publicado por JCM às 21:39
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 18 de Março de 2008

100 olhares em Aveiro

Divulgação

Trilhos da Terra / Museu da cidade de Aveiro

"Esta iniciativa dos Trilhos da Terra, surge com o intuito de satisfazer a curiosidade de quem pouco ou nada sabe de fotografia, levantando um pouco o véu dos conceitos básicos essenciais desta arte.
Assuntos como a luz, à maquina fotográfica, a conselhos de sentido estético serão abordados, com recurso a material pedagógico interactivo (com alguns simuladores de situações que ocorrem quando uma pessoa fotografa).
Tentou-se elaborar esta actividade a pensar na participação de um universo vasto de gerações, para que fosse possível a participação de famílias, e ainda para despertar o gosto pelo mundo das imagens aos mais pequenos.
Por outro lado, outro dos objectivos é proporcionar um momento de convívio e uma tarde animada, propondo aos participantes uma mini-maratona fotográfica pela cidade. Esta maratona terá locais de passagem e temáticas obrigatórias, contando com a criatividade dos participantes para que se consigam 100 olhares que mostrem pormenores por vezes escondidos, outros lugares esquecidos, e ainda a beleza que esta cidade oferece a quem nela habita e a quem a visita.
Na parte final da iniciativa, será feita uma análise crítica das fotografias seleccionadas pelos participantes, seguida de um módulo de edição de imagem.
Por fim, das fotos seleccionadas escolher-se-ão as 100 imagens que irão compor a exposição colectiva.
Ficamos com o desejo que todos que participem saiam com boa disposição e alguns conhecimentos mais, mas sobretudo com um maior gosto e vontade de captar aqueles momentos que nunca mais ninguém vai poder captar, porque cada instante da nossa vida é irrepetível".

Disponibiliza-se aqui : o
regulamento e a ficha de inscrição

Mais informações: http://www.trilhosdaterra.com/

tags:

publicado por JCM às 11:41
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 11 de Março de 2008

Aveiro Minha Arte convida (11 Março, às 16h30 no salão nobre do Teatro Aveirense)

 

Debate

"Arquitectura, Artes Plásticas e do Espectáculo: actualidade versus perspectivas futuras"

11 Março, às 16h30 no salão nobre do Teatro Aveirense

Convidados

José Sacramento (Galerista)

Maria da Luz Nolasco (Directora do Teatro Aveirense)

Ana Margarida Ferreira (Directora do Museu de Aveiro)

Programa:

  1. Pequeno discurso de cada convidado sobre o desenvolvimento cultural na cidade de Aveiro, nomeadamente no que respeita as artes plásticas e do espectáculo. Pontos a abordar: temáticas principais, difusão cultural (quantidade e qualidade de intervenções artísticas, afluência de público, importância regional e nacional da cidade), propostas de intervenção. Tempo estimado por convidado: 5 a 10 minutos.
  2. Perguntas rápidas a cada convidado para complemento de discurso.
  3. Curto intervalo
  4. Conversa entre os elementos do público e os convidados no sentido de encontrar propostas de intervenção específica nas Artes plásticas e do espectáculo na cidade de Aveiro.
tags:

publicado por JCM às 09:40
link do post | comentar | favorito

Conversa on-line com Presidente ADERAV

Divulgação
9ª Conversa Semanal
Esta semana teremos a última conversa deste período. O convidado é Luís Souto Miranda, Presidente da ADERAV (Associação para o Estudo e Defesa do Património Natural e Cultural  da Região de Aveiro).
Contamos com a sua presença, opinião e comentários.

Aproveitamos para informar que no dia 3 de Abril teremos, no bar do Teatro Aveirense, a nossa tertúlia aberta (debate aberto), com todas as personalidades que entrevistarmos até ao momento e, claro, com todos os interessados em participar e em "debater Aveiro".
tags:

publicado por JCM às 08:31
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 3 de Março de 2008

Entrevista on-line com Eng.ª Lusitana Fonseca

Divulgação
Na próxima quarta-feira, 5 de Março, às 22 horas, teremos a nossa habitual conversa em www.aveirodoispontozero.com.
Esta semana teremos como convidada a Eng.ª Lusitana Fonseca, coordenadora do programa Aveiro - Cidade Digital.
tags:

publicado por JCM às 23:33
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 25 de Fevereiro de 2008

Conversa on-line com Arquitecto Pompílio Souto

Divulgação
7ª Conversa Semanal

Realizar-se-á na próxima Quarta-feira, às 22h, a nossa habitual Conversa Semanal. Para acompanhá-la on-line e em directo terá que aceder ao nosso novo website: http://aveirodoispontozero.com .

Teremos como entrevistado o arquitecto aveirense Pompílio Souto.

tags:

publicado por JCM às 22:50
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 5 de Fevereiro de 2008

Conversa on-line com Directora do Teatro Aveirense

Iniciativa Cidade Criativa (Aveiro)

O grupo cidade cRIAtiva informa todos os interessados que a sexta conversa semanal on-line do site http://aveiro2.0.googlepages.com terá lugar amanhã, quarta-feira, dia 6 de Fevereiro, pelas 22h.

Como entrevistada teremos a Dra. Maria da Luz Nolasco, directora do teatro Aveirense. Incitamos todos os interessados a participar com sugestões de perguntas para dinamizar e enriquecer a nossa conversa!!

tags:

publicado por JCM às 22:35
link do post | comentar | favorito

Élio Maia conversou online com alunos da José Estêvão (Notícia Diário Aveiro)

Notícia do Diário de Aveiro (3 Fevereiro) 

in Cidade Criativa (Aveiro)

O presidente da Câmara Municipal, Élio Maia, aceitou o desafio proposto por um grupo de quatro alunos do 12ºC, (Tomás Fidélis Nogueira, Carolina Costa, André Pereira e Patrícia Colchete Freire) da Escola Secundária José Estêvão e acedeu a conversar online, no dia 23 de Janeiro, no âmbito do concurso nacional “Cidades Criativas”. O tema foi planeamento, mobilidade e ambiente na cidade de Aveiro.
Élio Maia começou por defender que “Cidade Criativa” é sinónimo de três tês (T): «talento, tolerância e tecnologia». A propósito deste último conceito, o orador questionou o entrevistado sobre o curso do projecto Aveiro Digital, ao que o autarca respondeu ter-se tratado de um «bom exemplo de projecto que respeita os três T, que não se esgotou na tecnologia e que contribuiu para o surgimento de talentos».
A propósito de identidade e cultura, o grupo quis conhecer a opinião de Maia sobre os elementos que distinguem a região. O elemento «água» foi a resposta, que «simultaneamente diferencia e une, em termos regionais». Quanto ao cidadão aveirense, avançou com o «sentido de liberdade e o espírito democrático».
E por falar em água, o autarca reconheceu que a «ria tem estado esquecida e que não pode ser olhada numa perspectiva contemplativa», mas sim como factor de desenvolvimento económico, cultural e ambiental. «Podemos potenciá-la para o surgimento de novas actividades económicas, importantes para a manutenção do próprio ecossistema, infra-estruturas de lazer e de desporto», afirma.
Quanto á fixação de talentos na região, o presidente alude á criação de parques empresariais, onde são contempladas questões como a eficiência energética e a criação de condições para receber investimentos em tecnologias de ponta.
 O presidente defende a necessidade de proceder a uma actualização no sistema de transportes públicos, invocando o projecto de mobilidade, que visa o redesenhar do transporte urbano, acrescentando que a cidade «deve ser projectada para as pessoas e não para os carros» e que a rede ciclável será optimizada.”

publicado por JCM às 22:14
link do post | comentar | favorito

O marketing urbano e a "DISNEYFICAÇÃO" do espaço público

Fábrica, Centro Ciência Viva de Aveiro

9 Fevereiro 2008

Sábado, 15h-16h30

Na actualidade assiste-se a busca frenética, por “novas oportunidades” para a cidade, de modo que o espaço publico abdica do seu papel fundacional, enquanto lugar de relação, de convivência e de troca de informação, para se assumir como um palco de eventos e fantasias.

A sua própria identidade é posta em risco, com a construção de monumentos artificiais, que nos transportam para cenários grotescos, como passeios de camelo por entre dunas de areia, num simulacro de deserto montado frente aos Jerónimos ou para pistas de trenó alimentadas por neve artificial junto às muralhas de Óbidos, em alusão ao imaginário do “pai natal”.

Será esta a estratégia para recuperar o sentido de urbanidade? Será que a recuperação da função pública das cidades, dos espaços de convivência e de cultura, dos lugares de formação e de exercício da cidadania passa pela “disneyficação” do seu espaço público?

Estas e as questões que suscitem curiosidade aos nossos visitantes serão debatidas pela Professora Teresa Heitor, do Departamento de Engenharia Civil e Arquitectura, do Instituto Superior Técnico, na já habitual informalidade do Impaciências.

Na Fábrica, Centro Ciência Viva de Aveiro, pois claro!

 

tags:

publicado por JCM às 00:49
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Segunda-feira, 4 de Fevereiro de 2008

Debate "A Cultura em Aveiro"

A equipa Aveiro é Nosso pretende promover um debate sobre a cultura na cidade de Aveiro, tendo convidado as restantes equipas da cidade para, em conjunto, promoverem a sua organização.
Esta ideia é particularmente pertinente, não só porque procura debater um tema muito relevante para o futuro das cidades, mas também porque estimula a articulação das diversas equipas em torno de um objectivo comum.
A organização do CCC aplaude este esforço e sugere às equipas da cidade que abordam este tema uma atenção particular ao desafio.
tags:

publicado por JCM às 16:18
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 30 de Janeiro de 2008

CCC on the road AVEIRO

Realiza-se hoje o penúltimo CCC on the road. A actividade vai realizar-se em Aveiro no edifício da SACSJP - Secção Autónoma de Ciências Sociais, Jurídicas e Políticas - Universidade de Aveiro.
Estão inscritas as seguintes equipas

publicado por JCM às 10:10
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 29 de Janeiro de 2008

Entrevista on-line com Director do Diário de Aveiro

Proposta do grupo cidade cRIAtiva

http://cidadecriativa.blogs.sapo.pt

O grupo cidade cRIAtiva informa todos os interessados que a quinta conversa semanal on-line do site http://aveiro2.0.googlepages.com terá lugar amanhã, quarta-feira, dia 30 de Janeiro, pelas 22h.
Como entrevistado teremos o Dr. Ivan Silva, director adjunto e responsável pela edição do
Diário de Aveiro.
À medida que a entrevista avança, ela poderá ser seguida on-line por quem aceder ao site, sendo também possivel participar na mesma com sugestões de perguntas ao entrevistado, como explicamos no site.
Participem e contribuam para a dinamização e enriquecimento da nossa conversa!!


tags:

publicado por JCM às 13:06
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 22 de Janeiro de 2008

Presidente da CM Aveiro em directo no cidade cRIAtiva

Notícias do grupo cidade cRIAtiva

O grupo cidade cRIAtiva informa todos os interessados que a quarta conversa semanal on-line do site http://aveiro2.0.googlepages.com terá lugar amanhã, quarta-feira, dia 23 de Janeiro, pelas 22h.

O Dr. Élio Maia, presidente da Câmara Municipal de Aveiro, será o nosso entrevistado.
O andamento da entrevista poderá ser seguido on-line por quem aceder ao site, sendo também possivel participar na mesma com sugestões de perguntas ao entrevistado, como explicamos no site.
Participem e contribuam para a dinamização e enriquecimento da nossa conversa!

Blog:
http://cidadecriativa.blogs.sapo.pt

tags:

publicado por JCM às 23:39
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 8 de Outubro de 2007

Estamos quase a chegar às 50 equipas!

A organização do concurso "Cidades Criativas" continuar a receber as inscrições.  Recordamos que o prazo só termina no final do mês de Outubro.

 

Já são 47 equipas de cerca de 31 cidades e vilas de Portugal envolvidas neste concurso:

Lamego, Esposende, Barcelos, Vila Praia de Âncora, Amares, Espinho, Póvoa do Varzim, Arcozelo - VN Gaia, Vila Verde, Seia, Oliveira do Hospital, Sátão, Águeda, Pombal, Mira, Aveiro, Belmonte, Ilhavo, Seixal, Bombarral, Amadora, Cascais/Lisboa, Setúbal, Tomar, Abrantes, Almada, Viana do Alentejo, Serpa, Portalegre, Évora e Elvas.

Ainda não temos inscrições de escolas do Algarve, Açores e Madeira...! Inscrevam-se, participem!

 

 

Listagem das equipas participantes (48): 

Região Norte (DREN)

  1. Urbanplan (T1, Colégio de Lamego)
  2. ESHM (12.º G, ES Henrique Medina - Esposende)
  3. Barcelos Cidade Criativa (12.º A, ES Alcaides Faria - Barcelos) 
  4. APVPANCORA (12.º A – Escola Ancorensis – Cooperativa de Ensino)
  5. Amares (12.º A, ES Amares)
  6. Inovar Espinho (12.º D, ES Dr, Manuel Laranjeira - Espinho)
  7. Póvoa Varzim (12.º G, ES Eça de Queiroz, Póvoa do Varzim)
  8. Arcozelo (12.º A, ES Arquitecto Oliveira Ferreira - Arcozelo - VNG)
  9. Vila Verde Criativo (12.º A, ES Vila Verde)

Região Centro (DREC)

  1. Mentes em acção (12.º B, ES Seia) 
  2. FASIS (12.º B, ES Seia) 
  3. CC 12B (12.º B, ES Seia) 
  4. BIMS 12B (12.º B, ES Seia) 
  5. OHPOSITIVO5 (12. D, ES Oliveira do Hospital)
  6. Satão Criativo (12.ºB, ES Frei Rosa Viterbo - Sátão)
  7. O futuro passa por Águeda (12.º C, ES Marques Castilho - Agueda) 
  8. Caixinhas Luminosas OHP (12. E, ES Oliveira do Hospital)
  9. X Acto (12.º B, ES Seia)
  10. Future city (12.º D - ES Pombal)
  11. Mira Criativa T1 (12º C – ES Dr.ª Maria Cândida de Mira)
  12. Mira Criativa T2 (12º C – ES Dr.ª Maria Cândida de Mira)
  13. Made in Aveiro (12.º D – ES Homem Cristo)
  14. Best project (12.º D - ES Pombal)
  15. Cidade Inovadora (12.º D - ES Pombal)
  16. Movimento PAC (12.º A, Agrupamento Escolas Pedro Álvares Cabral - Belmonte)
  17. Mais Aveiro (12.º D, ES Mário Sacramento)
  18. Seia ... on the world (12.º B, ES Seia)
  19. Ilhavo (12.º A, ES Dr. João Carlos Celestino Gomes, Ilhavo)
  20. Aveiro (12.º D, ES Mário Sacramento, Aveiro)  

Região Lisboa (DREL)

  1. Civil Engineers V2 (12.º T2, ES Alfredo Reis Silveira -Seixal)
  2. Iremos Tratar da Cidade do Seixal (12.º T2, ES Alfredo Reis Silveira -Seixal)
  3. Mentes Criativas (12.º A, ES Bombarral)
  4. Do outro lado (12º - 3 ES Seomara da Costa Primo, Amadora)
  5. Um olhar no património (12º - 3 ES Seomara da Costa Primo, Amadora)
  6. In Lisboa (12ºD ES de Cascais)
  7. Setúbal XXI (12.º F, ES Bocage - Setúbal)
  8. Castelo Criativo (12.º C, ES Jácome Ratton, Tomar)
  9. Seixal Criativo (12.º E1, ES Alfredo Reis Silveira)
  10. ESSA Abrantes (12.º A, ES Dr. Solano de Abreu, Abrantes) 
  11. Recriar Abrantes (12.º A, ES Dr. Solano de Abreu, Abrantes)
  12. Cidade Templária (12.º B, ES Jácome Ratton, Tomar)
  13. Almada Criativa (12.º E, ES Anselmo de Andrade, Almada)  

Região Alentejo (DREALE)

  1. Viana Criativa (12.º A e B, Viana do Alentejo)
  2. Serpa Criativa (12.º A, ES Serpa)
  3. Fabrica Robinson (12.º C, ES São Lourenço - Portalegre)
  4. Évora Criativa 1(Escola Profissional Alentejo - Pólo Évora)
  5. Évora Criativa 2 (Escola Profissional Alentejo - Pólo Évora)
  6. Elvas (Escola Profissional Alentejo - Pólo Elvas)

Região Algarve (DREALG)

 

RA Açores

 

RA Madeira

 


publicado por JCM às 22:26
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Sexta-feira, 28 de Setembro de 2007

Apresentação Pública do Concurso - 25 de Outubro (Aveiro)

Vai realizar-se no próximo dia 25 de Outubro (quinta-feira), pelas 14h na Escola Secundária José Estevão em Aveiro, a sessão de apresentação pública do concurso nacional de ideias "Cidades Criativas".

A iniciativa contará com a presença de diversos membros da Comissão Científica do concurso. Podem já confirmar-se as presenças:

- Professor Doutor António Câmara (YDreams),

- Professor Doutor Júlio Pedrosa (UA)

- Professor Doutor Artur Rosa Pires (UA).

Em breve será aqui divulgado o programa final da sessão.

As inscrições são abertas a todos os participantes no concurso (um aluno por equipa e um professor), estando o número de inscrições limitado à capacidade da sala. 

As inscrições podem ser feitas para:

cidadescriativas@sapo.pt

 


publicado por JCM às 14:14
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

RESULTADOS CCC 2007/08

256 Equipas concorrentes

Prémios atribuídos

Conclusões do CCC


e ainda...
Equipas inscritas

Equipas DRE Norte

Equipas DRE Centro

Equipas DRE Lisboa

Equipas DRE Alentejo

Equipas DRE Algarve

Equipas DRE Madeira

Equipas DRE Açores

Novo endereço de correio electrónico: cidadescriativas@csjp.ua.pt

Inscreva-se na mailing list cidadescriativas-subscribe@yahoogrupos.com.br

Para responder a dúvidas sobre o concurso temos o messenger do MSN a funcionar cidadescriativas@vista.aero

Comunidade hi5 do CCC http://cidadescriativas.hi5.com/
Pode também usar os seguintes contactos: a SACSJP- UA (tlf. 234 372 482 ou tlm. 919656514) a APPLA (Dr.ª Lúcia Neves tlm. 961 074 160)
E consultar o site do concurso aqui
Inscreva-se em cidadescriativas
Powered by br.groups.yahoo.com

Informação

pesquisar

 

Notificações por E-mail

Introduza o seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

APOIOS E PATROCÍNIOS


APOIOS INSTITUCIONAIS Universidade de Aveiro
Ministério de Educação - DGIDC
Secretaria de Estado do Ordenamento do Território e Cidades
Secretaria de Estado Administração Local
Instituto Nacional de Estatística
Instituto Geográfico Português
IGESPAR
Comissão Nacional da UNESCO
Associação Nacional de Municípios Portugueses
Gabinete do Plano Tecnológico
Programa Cidades e Regiões Digitais
Ciência Viva

PATROCINADORES OFICIAIS REVIGRÉS
Portal SAPO
EL CORTE INGLÊS
APOIOS E PATROCINADORES ASSOCIADOS Semanário Expresso
Casa da Música
Fundação de Serralves
Fórum Estudante
FNAC
Ciência Hoje
Fábrica Centro de Ciência Viva
Moinho da Carvalha Gorda
Parque Expo
Farol de Ideias

Comissão Científica do Concurso

- António Câmara (Y-Dreams)
- Artur Rosa Pires (Univ. Aveiro)
- Eduardo Anselmo Castro (Univ. Aveiro)
- Emília Sande Lemos (APG)
- Ângela Fernandes (investigador UA, Presidente da APPLA)
- Jaime Quesado (Programa Cidades e Regiões Digitais)
- João Caraça (Fundação Gulbenkian)
- Jorge Carvalho (Univ. Aveiro)
- Júlio Pedrosa (Univ. Aveiro)
- Manuel Assunção(Univ. Aveiro)
- Leonel Moura (artista plástico)
- Maria Luís Pinto (Univ. Aveiro)
- Paulo Ribeiro (produtor cultural) - Rosália Silva (Ministério da Educação - DGIDC)

Coordenação

Grupo de Investigação em Planeamento do Território

E-mail: cidadescriativas@sapo.pt

Secção Autónoma de Ciências Sociais, Jurídicas e Políticas da Universidade de AveiroCampus de Santiago - 3810-193 AVEIRO http://www.ua.pt/csjp
Tlf. 234-372482 (ext. 24329)
Tlm: 919656514

Rede Criativa de Associação de Professores

Associação de Professores de Matemática

Associação de Professores de Geografia

Associação de Professores de Português

Associação de Professores de Filosofia

Associação de Professores de História

Associação de Professores de Biologia e Geologia

Associação de Professores de Física e Química

Associação de Professores de Ciências Económico-Sociais

Associação Nacional de Professores de Educação Visual e Tecnológica

Associação de Professores de Expressão e Comunicação Visual

Associação Portuguesa de Professores de Inglês

Associação Portuguesa de Professores de Francês

Referências

Nacionais
1. ANMP - Cidades criativas
2. Atlas das cidades - INE
3. Política de cidades - Secretaria de Estado do Ordenamento e Cidades
4. A Ciência e a cidade - Fundação Gulbenkian
5. A Ciência e a cidade - TSF
6. Mês das cidades - Expresso
7. Trienal de Arquitectura de Lisboa


Internacionais
1. Charles Landry
2. Richard Florida
3. Creative City - UNESCO
4. Creative City Network of Canada
5. Intercultural city
6. Project for public space

Cidades criativas UNESCO
UNESCO Cities of Craft and Folk Art
Aswan, Egypt
Santa Fe, New Mexico, USA

UNESCO Cities of Design
Berlin, Germany
Buenos Aires, Argentina
Montreal, Canada

UNESCO City of Gastronomy
Popayan, Colombia

UNESCO City of Literature
Edinburgh, UK

UNESCO Cities of Music
Bologna, Italy
Seville, Spain

arquivos

Fevereiro 2011

Outubro 2010

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Abril 2007

tags

todas as tags

SAPO Blogs

subscrever feeds