Segunda-feira, 5 de Maio de 2008

O outro lado d'O "desinteresse" dos jovens pela Política (VII)

Contributo

A Politica nos Jovens de Hoje

 

Actualmente, a política e as decisões que dela advêm são um assunto em principal destaque nos diversos orgãos de comunicação social, porém, a maioria dos jovens de hoje, manifestam um total desinteresse por esta matéria.

A maioria dos jovens não se interessa pela política e dá maior importância às organizações não governamentais do que a partidos políticos. A política é vista de uma forma ambígua, simultaneamente idealista e cínica. Por um lado os jovens vêem-na como uma forma de resolver problemas internacionais e conflitos sociais, por outro, são também muitos os que desconfiam dos seus resultados, dizendo que são apenas "promessas vazias" e associam política à corrupção.

Tem de haver uma envolvência dos jovens na política, pois a política actual é associável aos conceitos de cidadania e democracia, assim a relação entre a política e os jovens merece uma melhor atenção por parte da sociedade. Mas é importante não esquecer que o problema não reside apenas e só nos jovens, é um problema generalizado, que pode encontrar nos jovens de hoje uma solução: Se a sociedade intervir através da educação e não limitar o espaço dos jovens na intervenção política e em especial na esfera partidária, através das juventudes partidárias, conseguimos motivar os jovens a lutarem por aquilo que defendem.

Cabe às forças partidárias conseguirem passar a mensagem, cativar os jovens, indo de encontro à nova realidade da vida, percebendo que os valores e os ideais mudaram. E, sem medos, dar lugar aos jovens na esfera político – partidária, assim, talvez consigam perceber o que mudou entretanto.

A sobrevivência da Democracia exige participação dos cidadãos, e esta não ocorrerá se continuarmos a caminhar para um voltar costas entre os jovens, os homens do amanhã e a política.

 

 


http://ossonoba_xxi.blogs.sapo.pt/

 

Ossónoba XXI

 

tags: ,

publicado por JCM às 14:04
link do post | comentar | favorito

CIDADES CRIATIVAS – SONHARALBUFEIRA

Divulgação

Escola Secundária de Albufeira - Área de Projecto – 12.º C

 

NOTA DE IMPRENSA N.º 2

 

Dia 12 de Maio, pelas 14:30H no Auditório Municipal de Albufeira, irá ter lugar um encontro inserido no concurso nacional Cidades Criativas, o qual terá como tema principal - a cultura da nossa cidade.

Com a presença de alguns dos principais intervenientes na cultura de Albufeira, propõe-se uma tarde de conversa que irá trazer uma visão através de várias perspectivas sobre as oportunidades, o desenvolvimento e o futuro de Albufeira enquanto cidade potenciadora de novos horizontes, isto, culturalmente falando.

 

 

Até lá, visite-nos www.sonharalbufeira.blogs.sapo.pt

CONTACTOS:

- Clarisse Breda

- André Matos

 

tags:

publicado por JCM às 11:13
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 4 de Maio de 2008

Rotas do Tejo

 

Mais informações: http://inovar_tejo.blogs.sapo.pt/32628.html

tags: ,

publicado por JCM às 19:15
link do post | comentar | favorito

Conferência «Visões de um rio»



     No próximo dia 16 de Maio, pelas 14 horas, no Auditório do Valverde, em Azambuja irá realizar-se a Conferência «Visões de um rio». Esta é uma iniciativa Inovar Tejo apoiada pela Câmara Municipal  de Azambuja e patrocinada pela Companhia Logística de Combustíveis (CLC), sediada na Zona Industrial de Aveiras de Cima.
     Esta Conferência é subordinada ao tema "Tejo: A ponte para o futuro" e marca o fim do projecto Inovar Tejo com a sua apresentação pública e consequente discussão.
     A Conferência, para além da apresentação final do projecto, conterá dois painéis distintos:
     Confirmadas estão já a presença do Presidente da Câmara Municipal  de Azambuja, de um representante da Reserva Natural do Estuário do  Tejo e do Dr. José Carlos Mota, Professor da Universidade de Aveiro.

    A entrada é livre, no entanto, por motivos de organização,  agradecemos que, caso esteja interessado, nos contacte através do  nosso mail inovar_tejo@sapo.pt ) ou dos números 919011571 (José  Narciso) ou 961674544 (Ana Heitor).

Mais informações: http://inovar_tejo.blogs.sapo.pt/

tags: ,

publicado por JCM às 19:08
link do post | comentar | favorito

Falta 1 mês... para a Festa das Cidades Criativas

 

Só falta um mês para a grande festa... e já temos mais de 960 inscrições!
E vocês? Ainda não se inscreveram? Do que é que estão à espera? Não deixem para o fim! Preencham a ficha e enviem para cidadescriativas@csjp.ua.pt.

publicado por JCM às 16:28
link do post | comentar | favorito

Programa da Festa das Cidades Criativas

PROGRAMA

9:30

Recepção dos participantes

          

10:00

Conferência de Imprensa:

Conclusões do Concurso "Cidades Criativas"

 

10:15 

Abertura da Exposição “Cidades Criativas 2007/08”

 

10:15

Oficina de Música Experimental (http://www.oficinademusica.com/):

Momentos musicais de alunos da Oficina de Música de Aveiro e actuação de equipas participantes no CCC (*)

Animação de rua (**)

Roteiro fotográfico - Trilhos da Terra  http://www.trilhosdaterra.com/

 

12:30

Almoço na cantina ou almoço livre

 

14:00

Sessão abertura do concurso:

Quarteto de Trompas (alunos do curso de Música da UA)

 

14:15

Sessão de Boas vindas:

Ministério da Educação           

Reitora da Universidade de Aveiro

SACSJP - UA

APPLA         

 

14:30

Balanço do CCC 2007/08:

Comissão Organizadora do CCC

 

14:45

Momento musical de alunos da Oficina de Música de Aveiro       

 

15:00

Apresentação dos prémios (5 nomeados por cada categoria de…):

Prémio melhor blogue do 1.º período – Prémio PORTO EDITORA

Prémio “maior envolvimento da artes, sociedade e ambiente”  - Prémio FUNDAÇÃO DE SERRALVES

Prémio “melhor intervenção na cultura” - Prémio CASA DA MÚSICA

Prémio “melhor intervenção urbana” - Prémio PARQUE EXPO

Prémio "melhor intervenção na economia" - Prémio INTELI

Prémio “melhor intervenção na ciência” – Prémio CIÊNCIA VIVA

 

15:45

Momento musical de alunos da Oficina de Música de Aveiro

 

16:00

Apresentação dos prémios (5 nomeados por cada categoria de…):

Prémio “melhor blogue”  - Prémio SAPO

Prémio “melhor poster” - Prémio ELCORTEINGLÊS

Prémio “melhor relatório” - Prémio EXPRESSO

1.º Prémio “Cidades Criativas” (melhor Blogue, Poster e Relatório) - Prémio REVIGRÉS 

 

16:30

Actuação Final - Momento musical:

Grupo de precursão (alunos do curso de Música da UA)

 

17:00

Encerramento

 

 

(*) A oficina de música experimental vai disponibilizar uma bateria, um baixo, um piano e uma guitarra eléctrica para os alunos do CCC que quiserem actuar. Se estiveres interessado em participar deves entrar em contacto com a Oficina de Música de Aveiro – telemóvel 961 152 270 ou enviar um email para: zetorodrigues@gmail.com

 

(**) Também podes participar na animação de rua. Se estiveres interessado envia um mail para: cidadescriativas@csjp.ua.pt (ou liga para o telemóvel 919656514)

 

publicado por JCM às 12:45
link do post | comentar | favorito

Democracia portuguesa é das piores da Europa (DN)

Notícia DN

http://dn.sapo.pt/2008/05/04/nacional/democracia_portuguesa_e_piores_europ.html

 

A qualidade da democracia portuguesa está longe de ser comparar às melhores democracias europeias. Ao invés, encontra-se bastante abaixo da média, situando-se ao nível de países como a Lituânia e a Letónia, e só acima da Polónia e da Bulgária.

As conclusões são da Demos, uma organização não governamental (ONG) britânica que tem por principal objectivo "pôr a ideia democrática em prática" através, por exemplo, de estudos. A Demos divulgou no final de Janeiro um "top" de avaliação da qualidade democrática em 25 países da UE denominado "Everyday democracy index" (EDI, cuja tradução possível será "index da democracia quotidiana"). Trata-se de uma avaliação sofisticada que envolve mais itens do que o normal em avaliações deste género. O escrutínio não se fica pelos aspectos formais da democracia (eleições regulares, por exemplo). Vai mais longe, avaliando o empenho popular na solução democrática dos seus problemas e, por exemplo, a qualidade da democracia dentro das relações familiares. Os resultados quanto a Portugal contrastam, por exemplo, com o último Democracy Índex mundial divulgado pela revista britânica The Economist, e relativo a 2007. Nessa tabela (ver DN de 5 de Abril), Portugal aparece classificado em 19º lugar (no mundo), posição que sobe para 12º quando vista apenas entre os 27 países da UE.

No EDI, Portugal está em 21º lugar, ficando apenas à frente da Lituânia, da Polónia, da Roménia e da Bulgária. Vários países que até há poucos anos orbitavam no império soviético encontram-se melhores classificados, segundo este "top" (ver gráfico).

O que se passa então com Portugal? Olhando para o gráfico, percebe-se a resposta: de um ponto de um ponto de vista da democracia formal, Portugal fica em 14º lugar, acima de países como a Espanha ou a Grécia ou a Itália. O que puxa a democracia portuguesa para baixo são os outros critérios. Por exemplo: a participação. Aqui a posição portuguesa desce para 19º lugar. Ou seja, as instituições políticas formais estão pouco cercadas de associações cívicas que as escrutinem.

Um aspecto inovador do estudo da Demos é o que avalia também a "democracia familiar". Tenta perceber-se em que países há mais direitos para cada um escolher a estrutura familiar. Entre os 25 países analisados, Portugal ficou em 21º. No cômputo geral, a Demos concluiu o que já se intuía: há um claro padrão geográfico na qualidade das democracias. Os países nórdicos são os melhores. As democracias vão-se fragilizando à medida que se desce no mapa europeu. Os países protestantes tendem a ser mais abertos que os católicos.

Verificou-se, por outro lado, que não há uma relação directa entre a qualidade formal da democracia e a qualidade da democracia quotidiana, que é tanto aquela que se exerce numa assembleia de voto como aquela que se pratica na reunião familiar onde se decidem as férias do Verão


publicado por JCM às 12:43
link do post | comentar | favorito
Sábado, 3 de Maio de 2008

PÚBLICO na Escola (Abril) -

Notícias do ´PÚBLICO na Escola de Abril

As câmaras municipais que apoiam a imprensa escolar

Estimular a cidadania activa dos alunos das escolas secundárias (O concurso "Cidades Criativas")


publicado por JCM às 19:53
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 2 de Maio de 2008

O outro lado d'O "desinteresse" dos jovens pela Política (VI)

Contributo

A análise sobre atitudes e comportamentos políticos dos jovens em Portugal foi o mote para a reflexão que se instalou no nosso país e da qual é importante retirar algumas ilações, como jovens que somos, jovens que querem ter uma voz activa na sociedade de hoje e de amanhã.

Um exemplo disso mesmo começa na participação em iniciativas que nos levam a pensar e agir dentro do âmbito da nossa cidade, tendo uma maior percepção da rede do poder local. Falamos em diligências como as que são levadas a cabo pela organização do concurso “cidades Criativas”, que nos aproximam cada vez mais daquilo em que assenta quer o poder político local quer o sistema nacional. Seria interessante, nesta perspectiva, aplicar esta metodologia em muitos outros projectos que, actualmente, são lançados aos jovens.

É, contudo, notável também que existem muitos jovens (e não só) que se distanciam desde muito cedo da política, facto que figura como uma das conclusões do estudo em questão e o qual não podemos negar. Talvez, seja então importante pensar em medidas que comecem a abranger os mais novos, sendo plausível uma reestruturação da abordagem feita pelas escolas, desde o básico, sobre aspectos políticos e históricos de Portugal, para que desde muito cedo se consiga o tal envolvimento com a sociedade política portuguesa.

A questão levantada pela comemoração do 25 de Abril poderia também ser feita considerando muitos outros pontos, como a adesão de Portugal à CEE ou aos diversos tratados discutidos/formalizados desde então. O que acontece é que estes assuntos não ultrapassam, de certa forma, as assembleias da República, dos partidos políticos até às assembleias locais. Tudo isto para que, mais uma vez, existisse uma maior abertura dos órgãos políticos para com a sociedade, neste caso concreto os mais jovens.

A prática da cidadania como um valor deve começar nas escolas. É preciso, portanto, saber incutir isto nos mais jovens e agir como tal, potenciando atitudes críticas e reflexivas para com a sociedade que nos rodeia.

Grupo Amarante CSG

http://amarante_csg.blogs.sapo.pt


publicado por JCM às 23:26
link do post | comentar | favorito

Novo site da equipa Almada, uma visão para o futuro

 

Divulgação

O nosso grupo, com o objectivo de dar a conhecer de forma muito organizada todo o progresso do nosso trabalho e, muito em breve os nossos produtos finais, criou as Google Pages.

Visitem e conheçam melhor o resumo do nosso trabalho ao longo desse ano.

Aproveitem e passem também pelo nosso blogue e comentem.

Google Page: http://arxrs12c.googlepages.com/

Blogue: http://almadaumavisaoparaofuturo.blogs.sapo.pt/

tags:

publicado por JCM às 15:18
link do post | comentar | favorito

A nossa festa!


publicado por JCM às 13:58
link do post | comentar | favorito

150.000 visitas!

O blogue do CCC ultrapassou hoje as 150.000 visitas e páginas visitadas!
tags:

publicado por JCM às 00:10
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 1 de Maio de 2008

Vila do chocolate vence candidatura europeia para criar um cluster criativo

Notícia SOL

http://sol.sapo.pt/PaginaInicial/Sociedade/Interior.aspx?content_id=91442

Óbidos e mais quatro cidades europeias viram aprovada a candidatura a programa operacional «Urbact II», entre 24 projectos seleccionados, com vista a incentivar a fixação de indústrias e empregos criativos em pequenos centros urbanos.

«Temos um programa de metas para transformar Óbidos numa indústria criativa em que assenta esta candidatura que vamos apresentar dentro de algumas semanas», disse à agência Lusa o presidente da câmara, Telmo Faria.

Segundo o autarca «Óbidos pode atrair para dentro da sua comunidade mais profissões criativas e ter um Produto Interno Bruto que advenha cada vez mais das indústrias da criatividade», depois da realização de eventos como o festival do chocolate e a aldeia do Pai Natal.

Este município prepara-se para apresentar meia centena de iniciativas criativas, entre as quais uma fábrica do chocolate, um parque tecnológico para empresas ligadas à inovação, a «cidade cinema» e a criação de espaços físicos para as artes.

«Estamos a desenvolver uma parceria no sentido de criar condições para favorecer tudo o que são produções cinematográficas em Portugal que se possam realizar aqui», adiantou, referindo-se ao projecto da
«cidade cinema».

A candidatura, agora aprovada, tem subjacente a um modelo de desenvolvimento assente nas economias criativas e culturais, encaradas como «essenciais» para o reforço da dinâmica económico-social dos pequenos centros urbanos e «centrais» na estratégia de marketing de afirmação das regiões, tornando-as mais atractivas para novos visitantes, residentes e empresas.

O projecto, liderado pelo município de Óbidos, integra ainda as cidades de Reggio Emília, Catanzaro (Itália), Mizil (Roménia) e Enguerra (Espanha) e vai ser implementado nos próximos seis ano.

tags:

publicado por JCM às 23:11
link do post | comentar | favorito

Um exemplo de participação dos jovens na política - Invictus na RTP1

 

 

Vídeo RTP

publicado por JCM às 15:10
link do post | comentar | favorito

O outro lado d'O "desinteresse" dos jovens pela Política (V)

Informação enviada pela equipa Inovar Tejo

Assembleia Municipal Jovem (Azambuja)

"No passado dia 16 de Abril de 2008, quarta-feira, a equipa Inovar Tejo participou na Assembleia Municipal Jovem que decorreu na Escola Básica Integrada de Manique do Intendente.

Esta consistiu na apresentação de vários trabalhos desenvolvidos por alunos de todo o Parque Escolar do Concelho de Azambuja. Julgamos que esta iniciativa é uma actividade inédita e que pretende aproximar os jovens das instituições democráticas que nos governam.

Um dos principais objectivos da nossa participação nesta Assembleia foi a divulgação do nosso projecto junto da comunidade escolar do concelho e mostrar que o nosso projecto não tem parado desde a entrevista realizada ao Presidente da Câmara. A reacção foi muito positiva e, mesmo, entusiástica. Foram muitos os aplausos e os "parabéns" que tanto nos reconfortaram. O Dr. Joaquim Ramos demonstrou total interesse no nosso projecto, dizendo que partilha da mesma perspectiva em relação à necessidade e forma de aproveitamento da frente ribeirinha de Azambuja. Estiveram também presentes alguns membros do executivo camarário,  como o Vereador dos Pelouros da Cultura, Educação, Juventude e Tempos Livres, Desporto e Turismo (Dr. Marco Leal), entre outros, a quem fizemos algumas perguntas relacionadas com o nosso tema."

Com os melhores cumprimentos,
o projecto Inovar Tejo - A fazer do rio a ponte para o futuro

http://inovar_tejo.blogs.sapo.pt/

tags:

publicado por JCM às 01:42
link do post | comentar | favorito

Informação

pesquisar

 

APOIOS E PATROCÍNIOS


APOIOS INSTITUCIONAIS Universidade de Aveiro
Ministério de Educação - DGIDC
Secretaria de Estado do Ordenamento do Território e Cidades
Secretaria de Estado Administração Local
Instituto Nacional de Estatística
Instituto Geográfico Português
IGESPAR
Comissão Nacional da UNESCO
Associação Nacional de Municípios Portugueses
Gabinete do Plano Tecnológico
Programa Cidades e Regiões Digitais
Ciência Viva

PATROCINADORES OFICIAIS REVIGRÉS
Portal SAPO
EL CORTE INGLÊS
APOIOS E PATROCINADORES ASSOCIADOS Semanário Expresso
Casa da Música
Fundação de Serralves
Fórum Estudante
FNAC
Ciência Hoje
Fábrica Centro de Ciência Viva
Moinho da Carvalha Gorda
Parque Expo
Farol de Ideias

Comissão Científica do Concurso

- António Câmara (Y-Dreams)
- Artur Rosa Pires (Univ. Aveiro)
- Eduardo Anselmo Castro (Univ. Aveiro)
- Emília Sande Lemos (APG)
- Ângela Fernandes (investigador UA, Presidente da APPLA)
- Jaime Quesado (Programa Cidades e Regiões Digitais)
- João Caraça (Fundação Gulbenkian)
- Jorge Carvalho (Univ. Aveiro)
- Júlio Pedrosa (Univ. Aveiro)
- Manuel Assunção(Univ. Aveiro)
- Leonel Moura (artista plástico)
- Maria Luís Pinto (Univ. Aveiro)
- Paulo Ribeiro (produtor cultural) - Rosália Silva (Ministério da Educação - DGIDC)

Rede Criativa de Associação de Professores

Associação de Professores de Matemática

Associação de Professores de Geografia

Associação de Professores de Português

Associação de Professores de Filosofia

Associação de Professores de História

Associação de Professores de Biologia e Geologia

Associação de Professores de Física e Química

Associação de Professores de Ciências Económico-Sociais

Associação Nacional de Professores de Educação Visual e Tecnológica

Associação de Professores de Expressão e Comunicação Visual

Associação Portuguesa de Professores de Inglês

Associação Portuguesa de Professores de Francês

Referências

Nacionais
1. ANMP - Cidades criativas
2. Atlas das cidades - INE
3. Política de cidades - Secretaria de Estado do Ordenamento e Cidades
4. A Ciência e a cidade - Fundação Gulbenkian
5. A Ciência e a cidade - TSF
6. Mês das cidades - Expresso
7. Trienal de Arquitectura de Lisboa


Internacionais
1. Charles Landry
2. Richard Florida
3. Creative City - UNESCO
4. Creative City Network of Canada
5. Intercultural city
6. Project for public space

Cidades criativas UNESCO
UNESCO Cities of Craft and Folk Art
Aswan, Egypt
Santa Fe, New Mexico, USA

UNESCO Cities of Design
Berlin, Germany
Buenos Aires, Argentina
Montreal, Canada

UNESCO City of Gastronomy
Popayan, Colombia

UNESCO City of Literature
Edinburgh, UK

UNESCO Cities of Music
Bologna, Italy
Seville, Spain

arquivos

Fevereiro 2011

Outubro 2010

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Abril 2007

tags

todas as tags

SAPO Blogs

subscrever feeds